Livro em quadrinhos reconta a luta do revolucionário mexicano Emiliano Zapata

Livro em quadrinhos reconta a luta do revolucionário mexicano Emiliano Zapata

Mural de Diego Rivera

De Zapata Edições

“Modernizar o passado é uma evolução musical
Cadê as notas que estavam aqui
Não preciso delas!
Basta deixar tudo soando bem aos ouvidos
O medo dá origem ao mal
O homem coletivo sente a necessidade de lutar
o orgulho, a arrogância, a glória
Enche a imaginação de domínio
São demônios, os que destroem o poder bravio da humanidade
Viva Zapata! Viva Sandino! Viva Zumbi!
Antônio Conselheiro!
Todos os panteras negras
Lampião, sua imagem e semelhança
Eu tenho certeza, eles também cantaram um dia.”
Chico Science e Nação Zumbi

capa-ZAPATA-baixa-e1446762146113

Não é possível contar a história moderna do México sem levar em conta a vida e o legado de Emiliano Zapata (1879-1919). O revolucionário lutou contra a ditadura que vigorava naquele país no início do século 20 e pegou em armas para defender os direitos dos camponeses à terra e à liberdade.
A história é contada pelo ponto de vista do brasileiro conhecido apenas como “Brasileño”, que fugiu para o México e se converteu num dos principais companheiros de Zapata. O personagem, fictício, faz o elo entre a Revolução Mexicana e outro evento histórico envolvendo a opressão aos mais pobres – no caso, o massacre a comunidade de Canudos, ocorrida no interior da Bahia entre os anos de 1896 e 1897.
A narrativa se dá em dois momentos distintos e intercalados: nos flashbacks que constroem a ascensão de Zapata como líder do Exército Libertador do Sul, e outro que acompanha a busca de “Brasileño” por seu líder e amigo, quando o movimento já havia perdido a força. A convergência das duas linhas temporais forma um mosaico que lança um novo olhar sobre este importante momento histórico da América Latina.
Fruto de extensa pesquisa bibliográfica, Por mais um dia com Zapata traz como extras a íntegra do “Plano de Ayala” e da “Ley Agraria”, documentos que contaram com a colaboração de Zapata e serviram de base para reforma agrária no México em meados do século passado.
O livro foi um dos projetos selecionados pelo Programa de Ação Cultural (ProAC), em 2014, e realizado com apoio da Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo.
EDIÇÃO: Daniel Esteves
ROTEIRO: Daniel Esteves
ARTE: Alex Rodrigues e Al Stefano
CAPA: Alex Rodrigues e Al Stefano
FORMATO: 20,4 × 29,5 cm, 136 páginas, miolo P&B, capa colorida
PREÇO: R$ 25,00
DATA DA EDIÇÃO: NOVEMBRO 2015
ONDE COMPRAR: hqemfoco@hqemfoco.com.br